Cultura

Adeus a Gil Felippe

O cientista Gil Felippe

Da redação da Menu

O cientista especializado em fisiologia vegetal Gil Felippe faleceu nesta madrugada, em São Paulo, aos 80 anos. PhD em botânica pela Universidade de Edimburgo, Escócia, onde trabalhou por vários anos no Departamento de Botânica, também foi professor titular na área de fisiologia do desenvolvimento na Unicamp e membro titular da Academia de Ciências do Estado de São Paulo.

Ficou conhecido na área gastronômica por publicar importantes livros de referência, como O saber do sabor – as plantas nossas de cada dia (Editora Salamandra, Lisboa e Capacitas), Entre o jardim e a horta – as flores que vão para a mesa (Editora Senac São Paulo), No Rastro de Afrodite: plantas afrodisíacas e culinária (Ateliê Editorial e Editora Senac São Paulo), Frutas – sabor à primeira dentada (Editora Senac São Paulo), Árvores frutíferas brasileiras (Editora Sarandi), Amendoim – história, botânica e culinária (Editora Senac São Paulo) e Gaia: o lado oculto das plantas – Tubérculos, rizomas, raízes e bulbos (Edições Tapioca)

A família não divulgou o motivo de seu falecimento. O velório acontece hoje (19/8) às 13h30 no cemitério da Vila Alpina e a cremação acontece no mesmo local, às 16h.

Saiba mais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Por causa de dívida, mulher joga gasolina e ateia fogo em idoso
+ Como limpar capinha de celular transparente de 5 maneiras
+ Cientistas descobrem as causas da progressão do Alzheimer no cérebro
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio