Noticias

Fruta asiática causa terror em agência de correio na Alemanha

Foto: iStock

da redação da Menu

Uma das frutas mais temidas da Ásia é o durião. Visualmente, ela é muito parecida com uma jaca, mas para os não iniciados – e também para os iniciados – seu odor pode ser terrível. E foi isso o que descobriram os trabalhadores de uma agência de correio na região da Bavária (Alemanha).

Ao examinar o cheiro que vinha de um pacote suspeito, seis dos funcionários da agência tiveram que ser hospitalizados e outros doze tiveram fortes ataques de náusea. Quando a polícia local examinou a caixa, porém, descobriu que o forte odor vinha da fruta asiática – a princípio, eles suspeitavam de algum gás tóxico.

+China descarta transmissão de covid-19 por salmão cru
+Conheça 10 ingredientes que duram até 2 semanas na geladeira
+Vegetarianos tendem a ser mais magros e introvertidos, diz estudo

Segundo a emissora de TV alemã Bayerischer Rundfunk, o pacote continha quatro duriões enviados da Tailândia para um residente de Nuremberg (que recebeu a encomenda).

Quatro duriões podem parecer pouca coisa, mas a fruta é banida em hotéis, ônibus e metrôs de vários países asiáticos. Mesmo assim, o durião é bastante popular na Ásia – só a Tailândia produziu 600 mil toneladas da fruta em 2018.

Saiba mais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Por causa de dívida, mulher joga gasolina e ateia fogo em idoso
+ Como limpar capinha de celular transparente de 5 maneiras
+ Cientistas descobrem as causas da progressão do Alzheimer no cérebro
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio