Coluna

Churrasco de Cinema: Marmoreio faz coxão duro wagyu melhor que picanha por R$ 40 o quilo

Foto: Wagyu Bosque Belo

No segundo episódio da websérie “Churrasco de Cinema”, no Youtube e no Instagram, são desvendados os mistérios do marmoreio e preparos cinematográficos de wagyu.

+Churrasco de Cinema: Hambúrguer perfeito começa com o blend
+Receita de lasanha a bolonhesa fica pronta em apenas uma hora
+Confira como preparar pão integral em casa

Assista ao episódio completo:

Dicas de três filmes com cenas do preparo, como “Encontros e Desencontros”, “Cozinhando Loucamente” e “Magnatas do Crime”, introduzem o tema “marmoreio” – gordura entremeada na carne, que confere maciez e sabor.

George Goettheiner, produtor da fazenda Bosque Belo, explica que, quanto mais marmoreio, mais cara é a carne. No entanto, segundo o especialista, existe bom custo-benefício nos cortes mais baratos de sua produção. É o caso do coxão duro, do miolo da paleta ou do miolo de acém, que possuem características de sabor e maciez “melhores que uma picanha do mercado” a partir de R$ 40 o quilo, aproximadamente.

A ideia é unir duas paixões da quarentena: assistir a filmes e séries e fazer churrasco até no apartamento. E tudo harmonizado com um bom vinho, selecionado especialmente pela Grand Cru para acompanhar as carnes vermelhas. E tem ainda a participação do youtuber e churrasqueira Larissa Morales, do canal Larica na Brasa, no quadro A Crítica.

(*)da redação Menu

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana