Noticias

Alimentação no Brasil piorou com inflação e pandemia, diz pesquisa

Alimentação no Brasil piorou com inflação e pandemia, diz pesquisa
Foto: iStock

A inflação registrada no Brasil por causa da pandemia do novo coronavírus mudou para pior a alimentação dos brasileiros, afirma pesquisa da Kantar Consultoria. Segundo o estudo, os consumidores estão trocando itens como carnes e ovos por produtos ultraprocessados, que são mais baratos, porém pouco nutritivos.

+Brasileiros são os que mais ganharam peso na pandemia, diz estudo
https://www.revistamenu.com.br/2021/06/03/brasileiros-sao-os-que-mais-ganharam-peso-na-pandemia-diz-estudo/
+Hamburguerias se adaptam e crescem mesmo com pandemia; entenda
https://www.revistamenu.com.br/2021/05/28/hamburguerias-se-adaptam-e-crescem-mesmo-com-pandemia-entenda/
+Estudo lista 6 comportamentos alimentares preocupantes na pandemia
https://www.revistamenu.com.br/2021/04/19/estudo-lista-6-comportamentos-alimentares-preocupantes-na-pandemia/

O levantamento revela que o consumo de carne vermelha caiu 11%, em comparação como mesmo período de 2020. Já o presunto passou a frequentar a mesa de seis milhões de novos lares.

Hambúrgueres e salsichas, por sua vez, foram a opção de 2,7 milhões de famílias que antes não consumiam esses itens. A presença desses produtos sugere que os brasileiros estão deixando de fazer refeições completas e comendo mais sanduíches.

Ainda segundo a pesquisa, muitas pessoas começaram a levar marmitas de casa como uma forma de economizar. De acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), os preços das carnes aumentaram 38% nos últimos 12 meses.

(*) Da redação da Menu

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana