Coluna

Mestre do Sabor: Hambúrguer ‘pedra’ e congelado faz chefs passarem vergonha

A repescagem do “Mestre do Sabor”, da Globo, na noite dessa quinta-feira (1), teve dois momentos distintos: o sucesso das lasanhas dos competidores, na primeira parte do programa, e o fracasso deles com simples hambúrgueres industrializados, na segunda.

+Veja mais destaques da colunista Paty Moraes Nobre
+Churrasco de Cinema: Hambúrguer perfeito começa com o blend
+Churrasco de Cinema: Marmoreio faz coxão duro wagyu melhor que picanha por R$ 40 o quilo

A única na disputa a entregar um sanduíche minimamente decente foi Vitória Gasques. Ela optou por um hambúrguer angus, que costuma ser suculento e saboroso, resultado da gordura entremeada na carne desse tipo de raça bovina. Aliás, o tema do blend, que é fundamental num bom hambúrguer, foi simplesmente ignorado.

E até Vitória sofreu com o produto do patrocinador, que estava congelado, uma ‘pedra’. Além de grelhar na frigideira, a chef classificada ainda usou o forno para acertar no ponto.

Os demais participantes ‘nadaram’, expressão que significa passar sufoco na cozinha. Hambúrgueres molengas, sem crostinha, de cores pálidas, com o suco da carne se perdendo e cozinhando, virando uma ‘melequinha’ bege estranha, fizeram até os mais experientes amargarem a derrota. Foi vergonhoso e digno de sabotagens do reality gastronômico do SBT.

Não ficou claro se foi uma pegadinha, uma exigência da marca anunciante ou puro desleixo da produção do programa. O fato é que os sanduíches apresentados certamente não destacaram qualquer qualidade do alimento e nem da marca patrocinadora. Pra mim, pegou mal.

O que fazer com o hambúrguer congelado

Quem trabalha com carne sabe que é complicado (não impossível, claro) entregar um bom resultado com um produto recém-saído do freezer. O ideal é deixá-lo descongelar naturalmente. Em última hipótese, pode-se colocar a peça embalada em plástico vedado por cerca de 20 minutos em um recipiente com água em temperatura ambiente.

Outra técnica infalível para um hambúguer perfeito é fazê-lo na brasa. O contato com o calor da brasa dá aquela selada na gordura e na carne. E, além disso, a grelha evita que ela fique muito úmida por fora a ponto de molhar e amolecer o pão. O sabor é inigualável.

E se fosse comigo esse hambúrguer congelado aí, faria um smash duplo, a versão de carne amassadinha, bem grelhada e fininha, pra disfarçar o sufoco.

Quer saber mais sobre o hambúrguer, assista ao vídeo a seguir: 

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana