Noticias

Bolsonaristas fazem campanha para rede Madero não quebrar

Foto: Madero

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se irritaram com uma reportagem da revista IstoÉ Dinheiro (publicação da Editora 3, assim como a Menu) sobre as dificuldades financeiras e a possível falência da rede de restaurantes Madero.

+Madero afirma ter caixa “robusto” para pagar dívidas, diz proprietário
+Com dívidas “substanciais”, rede de restaurantes Madero pode fechar
+Madero vai pagar indenização de R$ 400 mil a ex-funcionários

No texto publicado na última sexta (2), a revista afirmou que “pairam dúvidas sobre o sucesso da estratégia do Madero na bolsa” e que “Junior Durski (dono do Madero) carrega um alto risco político com a proximidade das eleições presidenciais em 2022”.

“Ele ganhou holofotes por ter assumido um papel de incondicional apoiador do presidente Jair Bolsonaro e encampou ações contra o lockdown em vários estados e municípios, além de fazer ataques públicos a instituições eleitas inimigas do chefe do Executivo, como o STF e o Congresso”, acrescentou a reportagem.

No Twitter, milhares de usuários subiram a hashtag #MaderoNaoQuebra para criticar a revista e incentivar outros bolsonaristas a visitarem os restaurantes de Durski.

(*) Da redação da Menu

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana