Noticias

Porção de batatas fritas mais cara do mundo custa R$ 1.000

Porção de batatas fritas mais cara do mundo custa R$ 1.000
Foto: Divulgação

Recentemente, o chef holandês Robbert Jan de Veen anunciou ter criado o Golden Boy, o hambúrguer mais caro do mundo. Preparado com Wagyu, trufas e caviar, ele é vendido por encomenda pela bagatela de € 5 mil (cerca de R$ 31 mil).

+Hambúrguer mais caro do mundo custa R$ 31 mil e tem caviar e ouro
+Gordon Ramsay prova hambúrguer de R$ 4.300 em Las Vegas
+Hard Rock começa a vender burger de ouro no Brasil

E agora existe uma porção de batatas fritas digna de ser servida ao lado do Golden Boy: a Creme de la Creme Pommes Frites, do restaurante Serendipity3, de Nova York (EUA).

Custando US$ 200 (cerca de R$ 1.000), sem incluir os impostos e a gorjeta de 20%, as fritas especiais são feitas com batatas gourmet da marca Chipperbecc, que são previamente cozidas em uma mistura de champanhe Dom Pérignon com vinagre de champanhe Ardenne.

Depois disso, elas são fritas em três etapas, sempre em gordura de gansos criados em fazendas do sudoeste da França. Em seguida, as batatas são temperadas com sal de Guérande trufado, azeite extra virgem trufado, queijo pecorino também trufado e ralado.

Para finalizar, mais um pouco de trufa – neste caso, lascas do ingrediente vindas diretamente da Umbria, na Itália – e pó de ouro comestível de 23 quilates. Com todos esses ingredientes, o Guinness, o Livro dos Recordes, já concedeu à Creme de la Creme Pommes Frites o título de porção de batatas fritas mais cara do mundo.

De acordo com o Serendipity3, é preciso encomendar a iguaria com 48 horas de antecedência e já há uma fila de espera para provar a porção de batatas fritas (e trufas).

(*) Da redação da Menu

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana