Noticias

Pintor “expulso” de rodízio vira garoto-propaganda do Ragazzo

Foto: Reprodução/YouTube

Sabe o pintor João Carlos Apolonio, que ficou famoso após contar que foi “convidado a se retirar” de um rodízio de massas “apenas” porque comeu15 pratos? Pois tudo se tratava de uma pegadinha criada pelo próprio Apolonio.

+Pintor é expulso de rodízio por comer 15 pratos de massa; assista
+Bone-in Ribeye: corte dos EUA é novidade da churrascaria rodízio Fogo de Chão
+Soluços podem ter origem à mesa, como exagero nas refeições e bebidas alcoólicas
+Campeão bate próprio recorde e come 76 hot-dogs em 10 minutos

Em nota ao jornal Extra, a rede de restaurantes informou que entrou em contato com o cliente logo após a repercussão do primeiro vídeo. “O Ragazzo informa que entrou em contato com o Sr. João Carlos Apolonio, cliente assíduo da unidade Gentil de Moura, na região do Ipiranga, para esclarecer o ocorrido”, afirmou a empresa.

“O caso não passou de uma produção de conteúdo para as redes sociais particulares do cliente, que em momento algum foi distratado ou incentivado a deixar o restaurante pela equipe”, acrescentou a rede.

A pegadinha, no entanto, não irritou o Ragazzo. Pelo contrário. A rede anunciou que contratou Apolonio como seu garoto-propaganda para uma campanha Nas redes sociais da marca, o pintor desafiou seus seguidores a comer mais pratos do que ele no rodízio. O recorde dele agora é de 35 pratos.

A marca, pertencente ao Habib’s, informou ainda que na promoção Rodízio de Massas & Coxinhas Ragazzo, os clientes podem consumir os pratos selecionados do programa sem limitação de quantidade, conforme estabelece o regulamento oficial disponível no site, redes sociais e lojas físicas da marca.

Pegadinha

A suposta “expulsão” de Apolonio foi tão comentada na semana passada que o pintor chegou a dar entrevistas, sem contar, no entanto, que se tratava de uma pegadinha.

“Eu estava procurando um lugar mais em conta para poder almoçar, quando vi a placa de rodízio de massas, coxinhas, lasanha e etc. à vontade por R$ 19,90. Até que eu não estava com muita fome, porque eu tinha comido oito pãezinhos”, contou o pintor em entrevista ao programa Melhor da Tarde, da Band, na quarta-feira (14).

“Trabalho com obra, como bastante. Gasto muita energia. De início, pedi 10 pratos (cinco lasanhas, três nhoques e dois macarrões) e eles trouxeram”, explicou Apolonio. De acordo com o pintor, o garçom chegou a avisar que, caso houvesse desperdício, ele deveria pagar uma taxa de R$ 9,90.

No entanto, Apolonio surpreendeu o funcionário após pedir mais oito pratos: quatro de lasanha e quatro de nhoque.

Desesperado, o gerente do restaurante foi até a sua mesa para convidá-lo a se retirar. “Por gentileza, o senhor aceita uma proposta? O senhor não é obrigado a ir embora, mas se o senhor for agora, a gente devolve o seu dinheiro e você não paga nada”, teria dito o funcionário do restaurante.

(*) Da redação da Menu

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana