Coluna

Friozinho pede galeto primo canto na brasa e massas à moda da Serra Gaúcha

Friozinho pede galeto primo canto e massas à moda da Serra Gaúcha
Friozinho pede galeto primo canto e massas à moda da Serra Gaúcha

Neste friozinho de inverno, que tal apostar em um banquete completo à moda da Serra Gaúcha com galeto primo canto, massas e outros pratos quentinhos?

+Veja mais destaques da colunista Paty Moraes Nobre
+Campeão do ‘Mestre do Sabor’ e ex-Masterchef, Dario Costa dispensa rótulos

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Paty Moraes Nobre (@patymoraesnobre)

Conheci o Galeto Di Paolo, restaurante especializado nos preparos típicos dos imigrantes italianos da região sul do Brasil. São três unidades físicas na capital paulista com opções de entrega e, inclusive, uma exclusiva para delivery na região Santo Amaro.

A filosofia da casa é o comfort food, que significa comida que acolhe e conforta, em inglês. Focando nisso, a receita típica do galeto primo canto (ave pequena de 550g), marinado com ervas frescas e preparado na brasa, é perfeita.

Para quem deseja a experiência com uma sequência completa (R$ 89), tem a saborosa sopa de capeletti com pão colonial artesanal fresquinho, e três tipos de saladas: radicci ,salada de folhas e salada de batata com maionese. Junta-se a esse banquete o galeto, as polentas frita e na chapa (brustolada) e o queijo à dorê.  Dando continuidade, são servidas as massas e os molhos de acordo com a preferência de cada cliente.  No total, são seis tipos de massas: spaghetti, tagliarini, tortéi, nhoque, nero bianco e penne integral; e nove tipos de molhos: tradicional, ragu costela, pomodoro, tomate seco, nocciole, funghi, quatro queijos, manteiga e sálvia, alho e óleo. Tudo à vontade.

Para finalizar, ainda tem as tradicionais sobremesas, como sagu com creme, ambrosia e pera ao vinho, por exemplo.

“Nosso principal objetivo é divulgar e manter viva essa tradição culinária típica da imigração italiana na Serra Gaúcha, nos tornando referência nacional e internacional de qualidade na propagação da mesma”, explica Jandir Dalberto, sócio das unidades localizadas na capital paulista.

Segundo ele, sabores são capazes de despertar sensações, lembranças e afetos. “Acreditamos que todos merecem viver uma experiência gastronômica que acolha e conforta, como aquela que vivemos em nossas famílias de imigrantes italianos. Uma vivência em que tudo é feito com carinho, desde o cuidado no preparo e processo até o atendimento perfeito”, finaliza ele.

Provei e aprovo!

(*)Da redação Menu

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana