Noticias

Restaurante de NY é elogiado por se recusar a servir clientes sem vacina

Foto: Divulgação

Apesar da importância da vacinação para conter a pandemia do novo coronavírus, muita gente ainda se recusa a tomar o imunizante. Por isso o restaurante Dame, em Nova York (EUA), adotou uma medida que vem recebendo elogios: a casa se recusa a receber clientes que não mostrarem prova de que foram vacinados.

+Domino’s dá pizzas para quem tomou 2ª dose da vacina contra covid
+França exige vacina para ir a bares e 1,7 milhão agendam imunização
+Paola Carosella chora de emoção ao tomar vacina contra covid

Anunciada nesta semana pelos donos do estabelecimento, a restrição foi imposta por causa do aumento das taxas de infecção pelo coronavírus no Estado de Nova York, informa reportagem do site Insider.

“Não podemos controlar se a pessoa ao nosso lado no metrô está usando uma máscara, mas podemos controlar quem pode entrar no Dame”, disse Patricia Howard, uma das sócias do restaurante, ao Insider.

Segundo Patricia, a medida também tem o objetivo de proteger alguns de seus funcionários, que possuem comorbidades e são mais suscetíveis a terem problemas de saúde graves caso sejam infectados e desenvolvam covid.

A decisão recebeu algumas críticas nas redes sociais, mas a maioria das pessoas têm aprovado a postura do proprietários do Dame. Prova disso é que o número de reservas e clientes da casa aumentou depois do anúncio, disse Patricia.

“Recebemos centenas de e-mails nos agradecendo pela iniciativa e por manter nossa comunidade segura”, contou a sócia do local, que espera que outros restaurantes sigam o exemplo.

(*) Da redação da Menu

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana