Noticias

Bares e restaurantes do Rio serão obrigados a oferecer cardápio infantil

Foto: iStock

A Câmara Municipal do Rio aprovou nesta quarta-feira (11), em sessão extraordinária, uma proposta bastante controversa.

+Reino Unido vai proibir propaganda de junk food antes das 21h
+McDonald’s oferece livro infantil LGBT junto com McLanche Feliz
+Comercial do Burger King sobre diversidade é criticado por Frente Evangélica

De acordo com o Projeto de Lei de nº 957/2014, de autoria da vereadora Teresa Bergher (Cidadania), bares e restaurantes da cidade do Rio de Janeiro serão obrigados a oferecer um cardápio com pratos para crianças.

O projeto determina ainda que os pratos ofertados contemplem alimentos saudáveis, variados e seguros. O texto segue para para sanção ou veto do prefeito Eduardo Paes.

Em entrevista ao site Plantão Enfoco, a vereadora disse que “são poucos os restaurantes que garantem, espontaneamente, a oferta de cardápio infantil, que contribua para a qualidade de vida das crianças e adolescentes”.

Teresa disse também que a Organização Mundial de Saúde (OMS) alerta sobre uma epidemia global de sobrepeso e obesidade, associada ao aumento da prevalência de doenças crônicas não transmissíveis, apontando, entre os principais fatores de risco, a alimentação de má qualidade, a inatividade física e o baixo consumo de frutas e hortaliças.

“Considero relevante para a cidade, sobretudo para as crianças e adolescentes, que a preocupação de uma alimentação saudável seja incorporada pelos restaurantes, lanchonetes e similares, com a oferta de um cardápio infantil, circunstância que poderá favorecer, em muito, a escolha por uma nutrição mais saudável”, argumentou.

(*) Da redação da Menu

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana