Noticias

McDonald’s é forçado a suspender vendas de milkshakes na Inglaterra

Foto: iStock

Quase todas as 1.300 unidades do McDonald’s no Reino Unido foram obrigados a suspender as vendas de milkshakes e bebidas engarrafadas nesta terça-feira (24).

+Guia Michelin não avaliará restaurantes do Rio e São Paulo em 2021
+McDonald’s abre restaurante a 3.700 metros de altitude no Tibete
+OnlyFlans alerta que não vai alterar sua política de conteúdo “gostoso”

De acordo com a CNN, a rede está tendo problemas de abastecimento por causa do Brexit (saída da nação da União Europeia) e da pandemia de coronavírus. A empresa também está com dificuldades para contratar novos funcionários para suas lojas.

“O estoque de um pequeno número de produtos está comprometido por causa de problemas com os fornecedores. Por isso, bebidas engarrafadas e milkshakes estão temporariamente em falta em unidades na Inglaterra, Escócia e no País de Gales”, informou a empresa por meio de comunicado.

“Pedimos desculpas pelo incômodo e agradecemos aos nossos clientes por sua paciência. Estamos trabalhando para ter esses itens em nossas unidades o mais rápido possível”, acrescentou a rede de fast-food.

Outras empresas sofrem com o desabastecimento da cadeia de suprimentos. Na semana passada, a rede Nando’s fechou 45 de suas unidades no Reino Unido por causa da falta de frango.

A falta de mão de obra tem sido outro desafio para produtores de alimentos e restaurantes. Isso porque as pessoas devem se isolar caso entrem em contato com um indivíduo com resultado positivo para o novo coronavírus, medida que reduzindo a disponibilidade de trabalhadores.

(*) Da redação da Menu

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana