Noticias

Sócio promove quebra-quebra no Mercearia São Pedro, na Vila Madalena

Foto: Mercearia São Pedro/Facebook
Foto: Mercearia São Pedro/Facebook

O fechamento do bar Mercearia São Pedro, reduto boêmio na Vila Madalena, aparentemente não é tão certo quanto se pensava. Marcos Benuthe e Pedro Anis, filhos do fundador da Merça, Pedro Benuthe, estão brigando na Justiça.

+Nick Cave lamenta fechamento da Mercearia São Pedro: “Eram dias simples e bons”
+É o fim do Merça! Bar e Mercearia São Pedro, na Vila Madalena, será demolido

A disputa, inclusive, tem levado a atitudes violentas por parte de Marcos Benuthe, que costumava ser carinhosamente chamado de Marquinhos pela clientela. Na noite desta terça-feira (31), a reportagem esteve presente ao local e presenciou um ataque de fúria do sócio do bar.

Marquinhos, que quer vender sua parte no estabelecimento para uma construtora, derrubou pilhas de pratos que estavam sobre o balcão do bar e uma máquina de café. Em seguida, pegou cadeiras e golpeou mesas do salão. Nenhum cliente foi atingido.

Após o quebra-quebra, Marquinhos pediu a atenção dos presentes e disse que foi “roubado” pelo irmão, que começou a trabalhar na Mercearia São Pedro em 1990, sem detalhar o que houve. Os dois trabalharam juntos até recentemente.

Os funcionários da Merça chegaram a chamar a polícia, que até 22h30 não havia comparecido ao local. Pedro Anis informou que é a sexta vez que o irmão aparece no bar e se comporta de maneira agressiva – até então, porém, ele nunca havia quebrado nada. Um boletim de ocorrência foi registrado.

(*) Da redação da Menu

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana