Noticias

Falsificador de dinheiro turco morre após tomar bebida alcoólica falsificada

Foto: iStock
Foto: iStock

Das ironias do destino: o turco C.D., líder de uma gangue de falsificadores de dinheiro, morreu no mês passado, em Istambul, após consumir uma bebida alcoólica falsificada, informaram as autoridades locais. Detalhe: o turco comprou a bebida falsa com notas também falsas.

+Golpistas criam perfis falsos de restaurantes para roubar clientes no Instagram
+Confira 4 dicas para descobrir se o mel é falsificado
+Espanha apreende uísques falsificados avaliados em US$ 1 milhão

Segundo a polícia, C.D. fazia parte de uma gangue com quase 100 criminosos que operava a partir de Ankara, capital da Turquia, e produziu o equivalente a US$ 526 mil (o equivalente a quase R$ 2,9 milhões) de notas falsas de dólares, liras turcas, euros e libras esterlinas.

Bebidas falsificadas são outro problema na Turquia: em outubro do ano passado, 80 pessoas morreram após ingerir destilados feitos em condições precárias e ilegais.

Em um caso separado, outras 30 pessoas morreram depois de consumir álcool puro feito ilegalmente em 2020 – elas esperavam que o álcool evitasse que elas fossem infectadas pelo novo coronavírus .

Um dos motivos pelo alto consumo de bebidas falsas na Turquia é o preço: o país cobra altos impostos sobre a indústria de bebidas alcoólicas, levando as pessoas a procurarem alternativas mais baratas – e nem sempre seguras.

(*) Da redação da Menu

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana