Coluna

Heinz fabrica ketchup com tomates cultivados em ‘solo de Marte’

Heinz fabrica ketchup com tomates cultivados em 'solo de Marte '
Heinz fabrica ketchup com tomates cultivados em 'solo de Marte'

A Heinz anunciou uma ação pioneira para produzir tomates em condições extremas – o resultado foram as primeiras garrafas de Heinz Tomato Ketchup: Marz Edition, feito com tomates cultivados em condições extraterrestres análogas ao solo marciano.

O projeto, realizado em parceria com cientistas do Instituto Espacial Aldrin, pôde contribuir com a ciência no intuito de cultivar comida fresca e gostosa para as próximas gerações e em outros planetas.

Instagram will load in the frontend.

Há dois anos, a Heinz e os seus Mestres Tomateiros embarcaram em uma missão para lançar com sucesso a primeira experiência do gênero. Os especialistas, que dominam a análise das condições difíceis do solo, a colheita das sementes perfeitas, e a implementação de técnicas líderes mundiais para as culturas florescerem – um papel cada vez mais importante considerando a degradação do solo que o nosso planeta enfrenta atualmente – passaram por um tipo de desafio muito diferente. O experimento uniu os mestres a um grupo de cientistas líderes no Instituto Espacial Aldrin do Florida Tech, para cultivarem Tomates Heinz de alta qualidade, suficientes para darem vida ao icônico Heinz Tomato Ketchup.

O projeto não só permitiu à Heinz cultivar tomates, mas também cultivá-los com as qualidades mais importantes que dão vida ao Ketchup Heinz. O ketchup de Marte foi revelado pela marca nesta semana, quando uma garrafa de edição limitada embarcou num voo espacial para além da atmosfera terrestre, alcançando 37 mil metros de altura e temperaturas de -70°C antes de retornar à Terra.

O lote deste ketchup extraterrestre agora se encontra na sede da Heinz, onde, antes de gerar as garrafas do Ketchup Heinz, o molho experimental foi submetido a rigorosos testes de qualidade até sua importante aprovação de envaze. Esta semana, a equipe que liderou a pesquisa poderá experimentar o sabor do ketchup “Marz Edition”, em uma transmissão ao vivo nas mídias sociais.

“Há muitos fatores importantes que nossos Mestres Tomateiros consideram quando se trata das propriedades certas para o cultivo dos Tomates Heinz em ambientes e solos novos e não ideais – desde a espessura, cor e doçura. Todos estes parâmetros garantem que vamos criar o inconfundível Ketchup Heinz que todos conhecemos e amamos. Cuidar dos solos é uma das nossas principais missões, e vamos levar esses ensinamentos à frente para continuar nossos compromissos no sentido de cultivar sustentavelmente”, disse Cristina Kenz, Chief Growth Officer na Kraft Heinz International Zone.

“Estamos muito entusiasmados pelo nosso time de especialistas ter sido capaz de cultivar o Tomate Heinz em condições desconhecidas de outro planeta e compartilhar a nossa criação com o mundo. Desde as primeiras análises do solo nas condições marcianas há dois anos, até a colheita agora, tem sido uma jornada que provou que, onde quer que os humanos estejam, o Ketchup Heinz ainda será apreciado por muitas gerações futuras”, continuou Cristina.

A equipe do Instituto Espacial Aldrin, liderada pelo Dr. Andrew Palmer, enviou o primeiro de três artigos a uma publicação científica que irá contar sobre a missão, em que começou a testar as sementes em condições não ideais do regolito marciano (solo), e, uma vez aperfeiçoadas, o experimento se tornou um dos maiores projetos de cultivo relacionados a Marte já realizados, e exigiu a criação de um biodome único para imitar as condições no Planeta Vermelho.

Andrew disse: “Até agora, a maioria dos esforços em torno da descoberta de formas de crescimento e cultivo em condições de Marte simuladas são estudos de crescimento de plantas a curto prazo. O que este projeto tem feito é olhar para a colheita de alimentos de longo prazo. Conseguir uma, de qualidade, para gerar o Heinz Tomato Ketchup era um resultado dos sonhos e nós alcançamos. Trabalhar com os Mestres Tomateiros da Heinz nos permitiu ver quais são as possibilidades de produção de alimentos a longo prazo para além da Terra. Há muito o que podemos aprender ao trabalhar com as maiores empresas alimentícias do mundo”.

Acreditem ou não, o Heinz Tomato Ketchup já conseguiu ultrapassar a Terra e entrar no nosso sistema solar, e tem sido apreciado pelos astronautas a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS) durante muitos anos. Um deles, um antigo astronauta da NASA e professor de engenharia mecânica, Mike Massimino, veterano de dois voos espaciais, e que por quatro vezes realizou missões no espaço, além de ser o primeiro astronauta a tweetar do espaço, é um fã confesso do produto.

“No espaço temos um ditado, ‘não se trata da comida, mas do molho’ – podíamos escolher que comida queríamos comer lá em cima, mas muitos dos pratos vinham desidratados e um pouco brandos. Por isso, uma boa dose de ketchup sempre tornava as nossas refeições deliciosas, e foi aí que começou o meu amor pelo Heinz Tomato Ketchup”, contou Mike.

(*) Da redação da Menu

Saiba mais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Por causa de dívida, mulher joga gasolina e ateia fogo em idoso
+ Como limpar capinha de celular transparente de 5 maneiras
+ Cientistas descobrem as causas da progressão do Alzheimer no cérebro
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio