Noticias

McDonald’s em Bauru é autuado por causa de banheiro “comunista”

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Prefeitura de Bauru autuou uma unidade do McDonald’s na cidade de Bauru (SP) por ter instalado banheiros individuais multigênero (ou seja, que podem ser usados por qualquer pessoa independentemente do gênero).

+Restaurantes querem que iFood arque com prejuízo por ataque pró-Bolsonaro
+Bolsonarista muda nomes de restaurantes no iFood: “Lula Ladrão” e “Vacina Mata”
+Com dívida bilionária, Madero busca sócio para evitar falência

O caso viralizou nas redes sociais na última sexta-feira (12) após uma moradora da cidade, que ainda não teve sua identidade revelada, postar um vídeo acusando a loja de “comunismo” por causa dos banheiros.

“Não admito isso na minha cidade. Não quero usar banheiro com homem, sou contra isso. Eu não aceito. Quero que todos os vereadores de Bauru deem um jeito nisso. É um absurdo. Criança usa o mesmo banheiro. É o comunismo na cidade de Bauru. Uma vergonha”, afirmou a mulher.

Com a repercussão do caso, a prefeita Suéllen Rosim (Patriota), que é bolsonarista, escreveu em uma rede social que as exigências do Código Sanitário de Bauru não estavam sendo cumpridas.

“A Vigilância Sanitária esteve no local e (verificou que) as exigências não estão sendo cumpridas. Portanto, providências foram tomadas”, afirmou a prefeita. De acordo com o artigo 96 do Código Sanitário do município, “os sanitários devem ser separados e identificados, para cada sexo”.

Por comunicado, a área de comunicação do McDonald’s informou que a rede tem “o compromisso com a promoção de um ambiente inclusivo e de respeito em seus restaurantes e adotou cabines individuais e de uso independente para que todas as pessoas se sintam bem-vindas e possam utilizá-las com conforto e privacidade”.

A companhia também reforçou que está em contato com as autoridades locais para manter suas unidades de acordo com as orientações determinadas.

A rede de fast-food terá 15 dias para se manifestar sobre a autuação. Caso não se adeque às determinações, a unidade poderá ser multada e, em último caso, interditada. As informações são da Folha de S. Paulo.

(*) Da redação da Menu

Saiba mais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Por causa de dívida, mulher joga gasolina e ateia fogo em idoso
+ Como limpar capinha de celular transparente de 5 maneiras
+ Cientistas descobrem as causas da progressão do Alzheimer no cérebro
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio