Noticias

66% dos restaurantes de SP estão no vermelho, diz Abrasel

Foto: iStock

da redação da Menu

Vai demorar para que bares e restaurantes de São Paulo se recuperem dos prejuízos causados pela pandemia do novo coronavírus, de acordo com levantamento da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel)

+Governo libera bares e restaurantes de SP a funcionar até as 23h
+Bares e restaurantes são os que mais violam regras de reabertura em SP
+Para Abrasel, 40% dos restaurantes de SP vão fechar em 2020

“Em todo o Brasil, 53% dos bares e restaurantes estão no prejuízo. Na cidade de São Paulo, o número é maior, são 66% deles no vermelho”, afirmou Paulo Solmucci, presidente da Abrasel, em entrevista ao site “Exame.com”.

Segundo a instituição, na capital paulista, 71% dos estabelecimentos do setor estão faturando menos da metade do que no mesmo período de 2019 – e não há previsão de recuperação a curto prazo.

“Uma de nossas pesquisas apontou que, para 41% dos donos de restaurantes da cidade, o negócio fica em um local onde o movimento de público ainda não voltou”, acrescentou Solmucci.

Até o momento, a associação indica que cerca de 300 mil bares e restaurantes já encerraram suas operações em todo o Brasil e mais 35 mil devem fechar as portas definitivamente até o fim deste ano.

Saiba mais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Por causa de dívida, mulher joga gasolina e ateia fogo em idoso
+ Como limpar capinha de celular transparente de 5 maneiras
+ Cientistas descobrem as causas da progressão do Alzheimer no cérebro
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio