• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Anuncie
Revista Menu
MenuMenu
FECHAR
  • Home
  • Receitas
  • Últimas
  • Comidas
  • Bebidas e Drinks
  • Menu Testa
  • Siga-nos:Facebook
Notícias19/07/2022

Após quase 50 anos, Porto Alegre derruba lei que proibia churrasco nas calçadas

Foto: iStock

Foto: iStock

Pedro Marques
Texto por:Pedro Marques19/07/22 - 13h12min

Apesar de o Rio Grande do Sul ser conhecido nacionalmente como o Estado brasileiro do churrasco, sua capital, Porto Alegre, passava por uma contradição: desde 1975, era proibido fazer churrasco nas calçadas da cidade.

+Porto Alegre assa 130 kg de carne para se lançar como capital mundial do churrasco
+Cidade paraense assa 20 mil kg de carne e faz o “maior churrasco do mundo”
+Pesquisa calcula a quantidade de comidas de churrasco que adultos comem ao longo da vida

Oficialmente, claro. Incluída no Código de Posturas do Município, a legislação foi elaborada durante o mandato do prefeito Thompson Flores, indicado pelas autoridades da ditadura militar para exercer o cargo entre os anos de 1969 e 1975.

Quem conhece a capital gaúcha, no entanto, sabe que a medida não era respeitada pelos moradores. Os fãs do churrasquinho, no entanto, estavam sempre com um olho na brasa e outro na fiscalização: desde 2018, agentes da Guarda Municipal reforçaram o patrulhamento contra a prática e passaram a autuar muitos assadores de calçada.

Para a alegria dos apreciadores dos tradicionais espetinhos gaúchos, os vereadores da Câmara Municipal de Porto Alegre aprovaram na quarta-feira passada (13) um projeto de lei que permite usar churrasqueiras em churrasqueiras em espaços públicos. Dos 32 vereadores presentes na sessão, 31 votaram a favor e 1 se absteve.

Segundo o autor da proposta, o vereador Felipe Camozzato (Novo), afirma que a revogação da lei é fundamental para que Porto Alegre consiga se consolidar como Capital Mundial do Churrasco, projeto que vem sendo discutido pela prefeitura para atrair mais turistas à cidade.

"Além de trazer uma maior segurança jurídica, melhora a imagem da cidade. Imagina a Capital Nacional do Churrasco ter uma lei que proíbe a prática nas calçadas", afirmou Camozzato ao jornal digital GZH Porto Alegre.

Agora falta somente o prefeito Sebastião Melo sancionar a legislação. Recentemente, o atual prefeito indicou ser favorável à liberação e tudo leva a crer que a liberação efetiva aconteça nas próximas semanas.

(*) Da redação da Menu

Saiba mais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Por causa de dívida, mulher joga gasolina e ateia fogo em idoso
+ Como limpar capinha de celular transparente de 5 maneiras
+ Cientistas descobrem as causas da progressão do Alzheimer no cérebro
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
As pessoas também perguntam