• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Anuncie
Revista Menu
MenuMenu
FECHAR
  • Home
  • Receitas
  • Últimas
  • Comidas
  • Bebidas e Drinks
  • Menu Testa
  • Siga-nos:Facebook
Notícias02/02/2022

Associação de Bares e Restaurantes do DF é contra passaporte da vacina

Associação de Bares e Restaurantes do DF é contra passaporte da vacina (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Associação de Bares e Restaurantes do DF é contra passaporte da vacina (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Pedro Marques
Texto por:Pedro Marques02/02/22 - 11h30min - Atualizado em 02/02/22 - 11h32min

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes Seccional do Distrito Federal (Abrasel-DF), bem como o Sindicato Patronal de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Brasília (Sindhobar), afirmaram nesta terça-feira (1º) serem contra a exigência de comprovante de vacinação contra covid-19 para a entrada em estabelecimentos.

+“Pode beber depois?” é a maior dúvida dos brasileiros sobre a vacina contra covid
+Bares e restaurantes de SP já exigem comprovante de vacinação
+Inflação e pandemia devem adiar recuperação de bares e restaurantes

As duas entidades se manifestaram contra o passaporte vacinal ao site Metrópoles. Mais cedo, o site revelou que 100 bares e restaurantes do Distrito Federal fizeram um abaixo-assinado a favor da exigência do comprovante de vacina, documento que será apresentado ao governador Ibaneis Rocha (MDB).

Em nota, a Abrasel-DF e o Sindhobar alegaram que o passaporte “não é uma medida efetiva" para conter o aumento de casos de covid. "(O comprovante) dá uma falsa segurança de que quem tomou a vacina não pode transmitir a doença, além de criar a responsabilidade da fiscalização na entrada dos estabelecimentos”, alegaram as organizações.

Para o presidente da Abrasel-DF, Beto Pinheiro, “o fato de as pessoas terem tomado as duas doses da vacina não impede que estas pessoas possam se contaminar e transmitir o vírus, só minimiza os sintomas e evita as complicações da doença”.

O presidente do Sindhobar, Jael Silva, explicou que há dificuldades para a aplicação da exigência do comprovante de vacinação. “Como proceder no caso de um cliente se recusar a apresentar o passaporte? Se tiver tumulto, acionamos a polícia?", questionou.

"Estamos certos de que as medidas de segurança adotadas em nossos estabelecimentos têm se mostrado mais efetivas ao enfrentamento da Covid-19 e não podemos afrouxar esses protocolos”, justificou.

(*) Da redação da Menu

Saiba mais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Por causa de dívida, mulher joga gasolina e ateia fogo em idoso
+ Como limpar capinha de celular transparente de 5 maneiras
+ Cientistas descobrem as causas da progressão do Alzheimer no cérebro
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
a vacina do coronavirus já chegou no brasil