• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Anuncie
Revista Menu
MenuMenu
FECHAR
  • Home
  • Receitas
  • Últimas
  • Comidas
  • Bebidas e Drinks
  • Menu Testa
  • Siga-nos:Facebook
Bares30/03/2022

Bares e restaurantes de SP pedem a iFood bag contra ‘assaltantes entregadores’

Bares e restaurantes pedem a iFood ‘bag contra assaltantes disfarçados de entregadores’

Bares e restaurantes pedem a iFood ‘bag contra assaltantes disfarçados de entregadores’

Paty Moraes Nobre
Texto por:Paty Moraes Nobre30/03/22 - 14h19min

Há alguns meses, os assaltos ganharam uma nova característica: criminosos se disfarçam de entregadores de comida usando a bag com o logo do aplicativo de delivery para chamarem menos atenção das vítimas.

"Estava chegando em casa após o primeiro dia de trabalho e fui assaltada por dois homens em uma moto usando a bag vermelha do aplicativo de entrega. Eles não pareciam estar armados, mas levaram minha bolsa, celular e tudo o mais que estava dentro. Depois, no computador, verifiquei que haviam tentado usar meu cartão de crédito em uma pizzaria para uma compra no valor de R$ 10", relatou, à coluna, a sommelière Mylla Maranho.

O que aconteceu com a jovem após descer do ônibus, à noite, na região do Grajaú, Zona Sul da capital paulista, não é exclusividade dessa área nem mesmo da capital paulista. Outras abordagens semelhantes são registradas com frequência e têm virado notícia. "Aqui em casa, a gente deu uma diminuída no consumo por aplicativo porque ficamos assustados", conta Mylla.

E a nova onda prejudica as vendas do setor de alimentos e bebidas fora do lar como um todo.No vídeo abaixo, é possível ver motoqueiros assaltando clientes de um estabelecimento que estavam sentados em mesas na rua.

[video width="480" height="752" mp4="https://revistamenu.com.br/wp-content/uploads/2022/03/WhatsApp-Video-2022-03-30-at-13.39.21.mp4"][/video]

Por isso, a Associação de Bares e Restaurantes de São Paulo (AbraselSP) tomou a iniciativa de pedir ao iFood que providencie uma forma de identificação nas mochilas térmicas que os entregadores carregam nas costas. Além disso, também enviou um ofício à Secretaria Estadual de Segurança Pública e conta com a ajuda do vereador Rodrigo Goulart (PDS) para tonar essa ideia uma exigência em forma de lei municipal.

"Notificamos o iFood porque eles dominam 90% do setor, mas a necessidade é que todas as empresas tomem medidas para evitar esse tipo de crime", explica Percival Maricato, diretor institucional da AbraselSP, à Menu. "Apenas a placa da moto não ajuda na identificação, um número de registro bem grande na mochila, sim. Assim, é possível rastrear quem usa, vendeu, perdeu ou teve roubado o acessório", sugere Percival. "Não é ainda uma coisa assustadora, mas o problema se soma à criminalidade de rua já existente e desgasta a imagem do serviço de delivery", finaliza.

(*) Da redação Menu

Saiba mais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Por causa de dívida, mulher joga gasolina e ateia fogo em idoso
+ Como limpar capinha de celular transparente de 5 maneiras
+ Cientistas descobrem as causas da progressão do Alzheimer no cérebro
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
aplicativo de delivery