Noticias

Campanha do Burger King diz que “mulheres pertencem à cozinha”

Foto: iStock
Foto: iStock

Campanhas de marketing provocadoras são uma marca registrada do Burger King no mundo inteiro. Embora o principal alvo da rede de fast-food seja o McDonald’s, seu maior rival, outros temas são explorados – a empresa, por exemplo, recentemente ironizou o ministro da Economia, Paulo Guedes, em uma de suas ações.

+Grupo de jovens promove quebra-quebra em loja do Burger King em SP
+Burger King ironiza Paulo Guedes em propaganda; assista
+Burger King cria sanduíche com “sabor de 2020” (e não é bom)

Às vezes, porém, a empresa passa do limite. Foi o que aconteceu ontem (8), Dia Internacional da Mulher. O Burger King do Reino Unido provocou uma onda de revolta no Twitter com um post em que afirmava que “as mulheres pertencem à cozinha”.

Após as reações negativas, a rede tentou se explicar: “Se elas quiserem, é claro. Contudo, apenas 20% dos chefes de cozinha são mulheres. Estamos em uma missão de mudar a proporção de gênero na indústria de alimentação, oferecendo às nossas funcionárias a oportunidade de seguir uma carreira culinária”.

A campanha, e muito menos o esclarecimento, não salvou Burger King da fúria das redes sociais, que acabou deletando o post polêmico.

(*) Da redação da Menu

Saiba mais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Por causa de dívida, mulher joga gasolina e ateia fogo em idoso
+ Como limpar capinha de celular transparente de 5 maneiras
+ Cientistas descobrem as causas da progressão do Alzheimer no cérebro
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio