Noticias

Carrefour afirma boicotar carne de boi criada ilegalmente na Floresta Amazônica

Foto: iStock
Foto: iStock

Varejistas europeus, entre eles, uma subsidiária do Carrefour, anunciaram, nessa quarta-feira (15), que deixarão de vender carne bovina de origem brasileira ou produtos de carne associados à JBS por causa de recentes denúncias de destruição da Floresta Amazônica.

+Lagostas e polvos sentem dor e não devem ser cozidos vivos, diz estudo
+Carne e sustentabilidade: o que descobrimos nas linhas do Feed e do Carrefour
+Nova cerveja fica mais cara se desmatamento da Amazônia aumenta

O que não está nos noticiários, no entanto, é que, no Brasil, o Carrefour já garante boicotar carne de áreas desmatas desde 2019, suspendendo ou bloqueando fornecedores que desrespeitem a política de compra da empresa.

Por aqui, as lojas da rede francesa anunciam esse compromisso em placas localizadas nas áreas dos açougues para qualquer cliente ver. Fontes garantem que uma empresa terceirizada monitora a origem dos lotes enviados às prateleiras, inclusive de áreas rurais fornecedoras da JBS.

Além disso, novos projetos exclusivos da gigante varejista em parceria com outros produtores e frigoríficos brasileiros começam a se destacar nas gôndolas. Um deles é a linha Estâncias Gaúchas, do Frigorífico Silva, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul.

Os cortes para churrasco acabam de ser colocados à venda em 31 lojas do estado de São Paulo e na capital. No total, 30 toneladas de produtos já foram negociadas.

A iniciativa do engenheiro-agrônomo Marcelo Fett Pinto (UFRGS) foi agrupar criadores de animais de raças europeias (hereford, angus, braford e brangus), que seguem práticas sócio-ambientais responsáveis. São propriedades de campos nativos e gado alimentado com base a pasto em uma área de cerca de dois campos de futebol por animal.

Na estância Silêncio, por exemplo, as boas práticas de manejo de solo e pasto contribuem para a captura de carbono, com base em trabalhos recentes da Embrapa feitos na região dos pampas. O resultado é uma produção consciente de carne saudável, saborosa e macia.
https://www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/59298701/manejo-de-altura-das-pastagens-ajuda-a-mitigar-gases-de-efeito-estufa

Carnes do frigorífico Carapreta, de Minas Gerais, que exibiu seu sistema de economia circular na COP 26, e as linhas Asturianas e IDH (100% de rastreabilidade e desmatamento zero em todos os elos da cadeia), fomentadas pelo próprio Carrefour, com apoio a pequenos produtores no Noroeste do Mato Grosso, se somam ao novo portfólio.

(*) Por Paty Moraes Nobre / A jornalista visitou o projeto Estâncias Gaúchas no início de dezembro de 2021

Saiba mais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Por causa de dívida, mulher joga gasolina e ateia fogo em idoso
+ Como limpar capinha de celular transparente de 5 maneiras
+ Cientistas descobrem as causas da progressão do Alzheimer no cérebro
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio