• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Anuncie
Revista Menu
MenuMenu
FECHAR
  • Home
  • Receitas
  • Últimas
  • Comidas
  • Bebidas e Drinks
  • Menu Testa
  • Siga-nos:Facebook
Notícias03/05/2022

Chefs vão mostrar ao mundo que gastronomia brasileira vai além da feijoada

Chefs vão mostrar ao mundo que gastronomia brasileira vai além da feijoada (Foto: Divulgação)

Chefs vão mostrar ao mundo que gastronomia brasileira vai além da feijoada (Foto: Divulgação)

Pedro Marques
Texto por:Pedro Marques03/05/22 - 14h22min

Ao contrário de outros países, o Brasil explora pouco a gastronomia como ferramenta para incentivar o turismo. Peru e Tailândia, por exemplo, há anos desenvolvem campanhas para promover seus pratos típicos para o público internacional.

+Festival celebra centenário da Semana de Arte Moderna com releituras de cuscuz
+Proposta pode alterar Lei Rouanet para incentivar a gastronomia brasileira

Mas isso, aparentemente, está mudando. No último fim de semana, foi anunciado durante o festival Fartura Brasil, realizado em Inhotim (MG), o projeto Brasil em Sabores, idealizado para apresentar ao mundo receitas que vão muito além da feijoada e da caipirinha.

Para isso, o Ministério das Relações Exteriores (Itamaraty) se juntou ao Instituto Capim Santo para eleger os cinco primeiros chefs-embaixadores, um de cada região do país: Morena Leite (Nordeste), Manu Buffara (Sul), Janaína Rueda (Sudeste), Paulo Machado (Centro-Oeste) e Saulo Jennings (Norte).

Cada um desses chefs escolheu um cozinheiro jovem e promissor para ser seu pupilo: Romário Santos (Nordeste), Lucas Correia (Sul), Julia Aguiar (Sudeste), Lucas Caslu (Centro-Oeste) e Ricardo Branches (Norte).

Esses jovens chefs realizarão residências gastronômicas em cinco embaixadas brasileiras, uma em cada continente, onde vão preparar pratos clássicos que representam a culinária de suas regiões.

Ao final do período de intercâmbio de experiências, os chefs-embaixadores se juntarão aos respectivos pupilos em cada país para atividades de promoção da culinária nacional e dos produtos agroalimentares brasileiros.

Neste primeiro momento, o objetivo é apresentar a diversidade da cozinha brasileira a um público restrito, porém influente, como diplomatas, políticos e formadores de opinião. Essa experiência, porém, deverá ser usada para elaborar novas campanhas para divulgar a gastronomia brasileira no exterior.

(*) Da redação da Menu

Saiba mais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Por causa de dívida, mulher joga gasolina e ateia fogo em idoso
+ Como limpar capinha de celular transparente de 5 maneiras
+ Cientistas descobrem as causas da progressão do Alzheimer no cérebro
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
7 pratos típicos do brasil