• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Anuncie
Revista Menu
MenuMenu
FECHAR
  • Home
  • Receitas
  • Últimas
  • Comidas
  • Bebidas e Drinks
  • Menu Testa
  • Siga-nos:Facebook
Notícias23/03/2022

Especialista ensina como deixar a degustação de sushi mais saborosa

Especialista ensina como deixar a degustação de sushi mais saborosa (Foto: iStock)

Especialista ensina como deixar a degustação de sushi mais saborosa (Foto: iStock)

Pedro Marques
Texto por:Pedro Marques23/03/22 - 08h00min - Atualizado em 23/03/22 - 10h06min

Já faz um tempo que a culinária japonesa caiu no gosto dos brasileiros. Antes da pandemia de coronavírus, havia mais de 600 restaurantes japoneses apenas em São Paulo, segundo dados da Associação Brasileira de Restaurantes (Abrasel).

+Saiba como o sushi à moda argentina conquistou o público brasileiro
+Mulher exagera no rodízio de sushi e precisa ser hospitalizada
+O melhor rodízio japonês de SP tem ovas e até foie gras à vontade por R$ 119,90

Muitos deles fogem da tradição asiática e funcionam no esquema de rodízio, algo que não existe no Japão. Lá, os restaurantes de sushi são dedicados ao prato e existem vários rituais, tanto na hora de preparar quanto na hora de saborear.

Mesmo estando no Brasil, vale a pena conhecer esses rituais. Eles foram aperfeiçoados ao longo de séculos para que os clientes aproveitem ao máximo o sabor das receitas elaboradas pelos dedicados profissionais.

E foi pensando em deixar sua experiência mais gostosa que pedimos para Thais Yamamoto, sócia do Massae San Sushi, restaurante especializado na culinária clássica japonesa, explicar melhor esses rituais. Veja a seguir.

Sashimi

Fatias dos peixes mais frescos do dia. Cada pescado deve ser cortado de acordo com suas qualidades, para proporcionar o melhor sabor – por isso alguns devem chegar ao cliente mais finos ou mais espessos. Os mais tradicionais são de atum e toro (atum gordo). Não costumam ser temperados, mas há exceções. "Em peixes com sabor mais forte (por exemplo, serra e carapau), se usa cebolinha e gengibre para suavizar o sabor", explica Thais.

Sushi

Especialista ensina como deixar a degustação de sushi mais saborosa (Foto: iStock)

É o nome comum dado aos pratos feitos com shari (arroz temperado com vinagre de arroz e outros ingredientes) e, geralmente, peixes. Eles podem ser divididos em quatro tipos principais.

Makizushi (maki)

Foto: iStock

São aqueles no qual o arroz é enrolado com alga, como uramakis, hossomaki, temakis e até hot rolls.

Gunkan (djô)

Foto: iStock

São aqueles em que o arroz é envolto com peixe ou alga e o arroz é coberto com pedaços de peixes ou ovas.

Oshizushi (baterá)

Foto: iStock

Neste caso, o arroz é prensado formando uma peça retangular que é coberta por uma fatia de peixe.

Nigirizushi (nigiri)

Foto: iStock

O tipo mais apreciado. São bolinhos de forma ovalada cobertos com fatias dos melhores peixes do dia. Folhas de nori (alga) podem ser usadas para fixar os ingredientes.

Preste atenção

Gari

Foto: iStock

A conserva de gengibre deve ser ingerida entre um peixe e outro, para limpar o paladar do peixe anterior.

Shari

Foto: iStock

É o arroz usado no preparo dos vários tipos de sushi e tem extrema importância. O ideal é que seja ser servido em temperaturas entre 35ºC e 36ªC, a mesma do corpo humano. Sua função é realçar o sabor do peixe, mas sem se destacar. Muitos sushimen guardam suas receitas a sete chaves.

Como degustar

Em um combinado, comece pelos sashimis e depois passe para os sushis, nessa ordem: makizushis, gunkans, oshizushis e nigirizushis que devem ser degustados

A intensidade de sabor define a ordem de degustação tanto de sashimis quanto de sushis. "Comece pelos peixes brancos, como robalo, namorado e pargo, de sabor mais suave. Depois, vá para aqueles com gosto mais forte, como carapau, serra e atum. Para encerrar, prove peixes marinados (atum, sardinha ou cavalinha), ensina a especialista.

Temperos

Foto: iStock

Nos restaurantes tradicionais, o sushiman aplica a quantidade de shoyu e/ou raiz que considera ideal para ressaltar o sabor das iguarias. Em casa ou em restaurantes, procure não encher a molheira com shoyu nem exagerar na raiz forte.

(*) Por Pedro Marques, editor da Menu

Saiba mais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Por causa de dívida, mulher joga gasolina e ateia fogo em idoso
+ Como limpar capinha de celular transparente de 5 maneiras
+ Cientistas descobrem as causas da progressão do Alzheimer no cérebro
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
alimentos japoneses