Noticias

McDonald’s começa a adotar bandejas sustentáveis no Brasil

Foto: Divulgação

da redação da Menu

A Arcos Dorados, franquia independente do McDonald’s e que opera os restaurantes da rede de fast-food na América Latina e no Caribe, anunciou que vai começar a substituir as bandejas de plástico atualmente utilizadas em suas lojas por uma versão mais sustentável.

+McDonald’s vai lançar sanduíche com carne vegetal em 2021
+Burger King e McDonald’s vão remover ingredientes artificiais no Brasil
+McDonald’s começa a vender potes de molho cheddar no Brasil

As novas bandejas foram desenvolvidas pela UBQ, empresa israelense que desenvolve um tipo de plástico a partir de resíduos domiciliares, e estão sendo produzidas pela empresa brasileira Semaza, de Santana de Parnaíba, na Grande São Paulo.

Nesta primeira fase, 7.200 bandejas sustentáveis foram distribuídas em 30 McDonald’s localizados em 20 capitais brasileiras. A iniciativa será estendida aos poucos às demais unidades da rede em todo o País.

De acordo com a empresa, desde 2018 foram retiradas 1.300 toneladas de plástico de um só uso das unidades brasileiras do McDonald’s. As bandejas de plástico antigas serão destinadas aos projetos de economia circular promovidos pela própria Arcos Dorados.

Saiba mais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Por causa de dívida, mulher joga gasolina e ateia fogo em idoso
+ Como limpar capinha de celular transparente de 5 maneiras
+ Cientistas descobrem as causas da progressão do Alzheimer no cérebro
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio