• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Anuncie
Revista Menu
MenuMenu
FECHAR
  • Home
  • Receitas
  • Últimas
  • Comidas
  • Bebidas e Drinks
  • Menu Testa
  • Siga-nos:Facebook
Notícias01/07/2022

Mulher ‘vomita sangue’ após refeição de aniversário no restaurante de Gino D’Acampo dar errado

Mulher 'vomita sangue' após refeição de aniversário no restaurante de Gino D'Acampo dar errado. (Foto: Reprodução)

Mulher ‘vomita sangue’ após refeição de aniversário no restaurante de Gino D’Acampo dar errado. (Foto: Reprodução)

Luana Chinazzo
Texto por:Luana Chinazzo01/07/22 - 14h29min

Uma enfermeira afirma que vomitou sangue depois de comer uma pizza em um restaurante Gino D'Acampo. Amanda Hughes, 48, e seu marido Paul, 47, foram ao local para comemorar seu aniversário de casamento junto de seu filho Harry, 11. A comemoração incluía também uma noite no hotel Innside by Melia.

Mas a data especial do casal logo se transformou em um pesadelo quando Amanda, que sofre de doença celíaca, teve que ser levada de seu quarto de hotel para o pronto-socorro. A mulher, de Southport, disse ao jornal Liverpool Echo que pediu uma opção do menu sem glúten, mas acredita que recebeu uma pizza normal que a fez vomitar sangue.

+Restaurante é condenado a indenizar cliente em R$ 10 mil por sushi contaminado
+Anvisa alerta público sobre filé-mignon contaminado com salmonela
+Chef é condenado por matar mulher com torta mal assada no Reino Unido

Cerca de uma em cada 100 pessoas sofre de doença celíaca, que é uma condição em que células de defesa imunológica atacam as células do organismo, causando um processo inflamatório. Os portadores da doença precisam ficar de olho no que comem, pois muitos alimentos do dia a dia, como massas, pizzas, pães e bolos, são perigosos para eles.

Amanda disse que entrou em contato com o restaurante de Liverpool sobre o incidente, que aconteceu em 23 de abril, e foi informada de que uma investigação seria realizada. Mas ela afirma que não ouviu nada por vários meses e agora decidiu contar sua história para alertar os outros.

"O garçom foi fantástico. Ele sentou comigo e falou comigo sobre doença celíaca, ele entendeu tudo sobre isso. Ele me contou sobre seus processos e eu me senti muito segura”, contou. Ela, então, pediu sua comida do cardápio sem glúten do restaurante e escolheu aspargos com pecorino para começar, uma pizza sem glúten com linguiça italiana para o prato principal e panna cotta de amaretto para a sobremesa. “Alguém trouxe minha pizza para mim, não meu garçom, então eu comi”, narrou.  "Depois fomos dar um pequeno passeio [...] e eu disse ao meu marido 'não me sinto muito bem'”, continuou.

"Eu soube imediatamente porque você tem esses sentimentos dentro do seu corpo. Eu só sabia que ia ficar doente, essa é a primeira coisa que acontece, você sabe que a comida que você comeu não foi absorvida", afirmou Amanda.

Eles decidiram voltar para seu quarto de hotel, onde as coisas foram de mal a pior. "Eu comecei com vômito de projétil, que é um sintoma de glúten. Ele continuou e continuou - isso foi por volta das 19h - e por volta das 23 horas eu estava vomitando sangue e pedi ao meu marido para chamar uma ambulância"

Amanda foi levada de ambulância do hotel para o pronto-socorro do Royal Liverpool Hospital, onde passou a noite. A mulher disse que foi forçada a tirar duas semanas de folga depois de sofrer fortes dores de estômago e fadiga, e ainda não se recuperou desde então.

Depois que ela contou aos médicos o que havia acontecido e eles revisaram seu histórico, o hospital disse que provavelmente era uma reação ao glúten, mas eles não podiam descartar intoxicação alimentar porque os glóbulos brancos eram altos. "Acho que eles me deram uma pizza normal, mas não posso provar isso", declarou.  

"Se fosse alguém com alergia a amendoim, estaria morto. Trabalhei em terapia intensiva por 17 anos, então vi esse tipo de coisa - vi pessoas com alergias. Não é algo para se tomar de ânimo leve, é um problema sério. Arruinou minha noite e desde então não me sinto bem."

Depois que o Liverpool Echo entrou em contato com o restaurante, Amanda disse que recebeu um telefonema deles para dizer que iriam investigar o que aconteceu e contatá-la com o resultado de sua investigação. "Eu me sinto muito decepcionada e nunca mais irei a nenhum dos restaurantes de Gino D'Acampo”, finalizou

Saiba mais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Por causa de dívida, mulher joga gasolina e ateia fogo em idoso
+ Como limpar capinha de celular transparente de 5 maneiras
+ Cientistas descobrem as causas da progressão do Alzheimer no cérebro
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
alimentos com glúten