• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Anuncie
Revista Menu
MenuMenu
FECHAR
  • Home
  • Receitas
  • Últimas
  • Comidas
  • Bebidas e Drinks
  • Menu Testa
  • Siga-nos:Facebook
Notícias14/03/2022

Pães e massas e vão ficar mais caros por causa da guerra na Ucrânia

Pães e massas e vão ficar mais caros por causa da guerra na Ucrânia (Foto: iStock)

Pães e massas e vão ficar mais caros por causa da guerra na Ucrânia (Foto: iStock)

Pedro Marques
Texto por:Pedro Marques14/03/22 - 16h12min

A Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (Abimapi), divulgou nesta segunda-feira (14) um comunicado alertando que os produtos do setor vão ficar mais caros por causa do conflito entre Rússia e Ucrânia.

+Invasão da Ucrânia pode encarecer alimentos em até 20%, alerta FAO
+McDonald’s fecha lojas na Rússia e fã faz estoque de hambúrgueres da marca
+Restaurantes que ‘cancelam’ estrogonofe estimulam o ódio, diz Abrasel
+Restaurantes canadenses mudam nome de prato por causa de Putin

A associação explica que a Rússia e a Ucrânia respondem, em média, por 30% das exportações mundiais de trigo. A guerra reduz a produção de trigo nos dois países e ainda traz dificuldades logísticas, como o fechamento de portos.

"A elevação do preço do grão, impacta diretamente os valores de produção para os fabricantes das categorias representadas pela Abimapi. Nas massas, em média, 70% do custo é de farinha. Nos biscoitos, o peso é de 30%, e, nos pães e bolos industrializados, de 60%", afirmou a organização.

A associação, no entanto, não soube estimar de quanto será o aumento dos produtos. "O horizonte está indefinido, já que a cada notícia da guerra, o preço do trigo no mercado internacional oscila para cima ou para baixo com valores expressivos", avaliou a Abimapi. "O que se pode afirmar é que haverá reajustes de preços nas próximas semanas."

"O consumidor brasileiro deve começar a sentir os efeitos em breve, quando as indústrias comprarão as novas safras (de trigo e derivados). De todo modo, este repasse tende a ser gradual, pois não há espaço para elevar os preços de uma só vez", concluiu a Abimapi.

(*) Da redação da Menu

Saiba mais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Por causa de dívida, mulher joga gasolina e ateia fogo em idoso
+ Como limpar capinha de celular transparente de 5 maneiras
+ Cientistas descobrem as causas da progressão do Alzheimer no cérebro
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
abimapi 2022