Noticias

Restaurante cobra taxa de clientes que fazem perguntas imbecis

Taxa por pergunta idiota é de US$ 0,38 (crédito: Reprodução)

Quem nunca fez uma pergunta sem noção em um restaurante que atire a primeira faca. Afinal, nem sempre a gente sabe o que o chef quer dizer com “leitão 48 horas e cebolas banhadas em vinho”.

O Tom’s Diner, restaurante em Denver, no Estado do Colorado (EUA), porém, está provocando os clientes que abusam da boa vontade dos atendentes. A casa decidiu cobrar uma taxa de US$ 0,38 por cada “pergunta idiota” feita à equipe do salão.

+ Restaurante de Criciúma xinga clientes no iFood
+ Clientes de restaurante em Londres serão alimentados por funcionários
+ Dez regras para o serviço de salão perfeitos

A provocação foi revelada em um post na rede social Reddit e rapidamente viralizou. Mas, ao contrário de restaurantes que ofendem seus clientes de propósito, a ideia foi apenas fazer uma brincadeira, e as pessoas estão aprovando.

Segundo o gerente, muitos clientes fazem perguntas estúpidas de propósito, só para rir junto com os garçons. Um deles, por exemplo, perguntou “se o gelo era feito de água”. Com o sucesso da iniciativa, a cobrança por perguntas idiotas deve continuar no cardápio do Tom’s Diner por um bom tempo.

Saiba mais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Por causa de dívida, mulher joga gasolina e ateia fogo em idoso
+ Como limpar capinha de celular transparente de 5 maneiras
+ Cientistas descobrem as causas da progressão do Alzheimer no cérebro
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio