Acontece

Restaurante realiza festival dedicado ao wagyu

O rump steak, retirado da alcatra, é uma das sugestões do festival
O rump steak, retirado da alcatra, é uma das sugestões do festival

O rump steak, retirado da alcatra, é uma das sugestões do Wagyu Fest (foto: divulgação)

Da Redação da Menu

Começa na próxima segunda (5), no restaurante Templo da Carne Marcos Bassi, de São Paulo, a primeira edição do Wagyu Fest, festival dedicado aos cortes da raça originária do Japão, que também é criada no Brasil. Conhecido uma das carnes mais nobres do mundo, o wagyu tem como marca registrada o marmoreio, ou seja, o alto percentual de gordura entremeada na carne, que garante a maciez e suculência do corte.

A carne será servida em três versões: o rump steak (filé de 350 gramas, extraído do coração da alcatra, R$98), a maminha, assada inteira e fatiada na mesa (serve duas pessoas, R$ 198) e o baby beef (serve três pessoas, R$ 298). O menu inclui ainda o couvert da casa, arroz do cozinheiro (à base de ovos mexidos, bacon e batata-palha) e a farofa da casa, com ovos, bacon, linguiça, salsinha e alho. O festival estará em cartaz até final de fevereiro.

 

 

Templo da Carne Marcos Bassi

rua Treze de Maio, 668 – Bela Vista (veja no mapa)

(11) 3288-7045

www.marcosbassi.com.br

 

Saiba mais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Por causa de dívida, mulher joga gasolina e ateia fogo em idoso
+ Como limpar capinha de celular transparente de 5 maneiras
+ Cientistas descobrem as causas da progressão do Alzheimer no cérebro
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio