Noticias

União Europeia aprova consumo de alimentos feitos com insetos

Foto: iStock

Foi aprovada nesta terça-feira (4) pela União Europeia a venda de alimentos à base de insetos para consumo humano, especialmente com as chamadas larvas de farinha. É a primeira vez que o bloco econômico aprova comidas feitas com um inseto.

+Restaurante de Santos é acusado de servir ‘barata gratinada’
+Vai encarar? Gafanhoto é o alimento do futuro, diz empresa israelense
+Pesquisadores belgas fazem manteiga com larvas de inseto

A aprovação foi concedida após a Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA) analisar produtos que tem como base as larvas do besouro Tenebrio Molitor. O estudo concluiu que esses alimentos podem ser ingeridos com segurança.

Segundo o bloco, ele poderá ser comercializado “como um inseto desidratado inteiro, como lanche ou como ingrediente de diversos produtos alimentícios, como pó em produtos proteicos, biscoitos ou massas”.

As empresas que usarem esse ingrediente terão que produzir rótulos específicos para alertar aos consumidores sobre os riscos de possíveis alergias, informa reportagem da Ansa.

No momento, existem mais 11 pedidos para a EFSA analisar e autorizar o consumo de outros insetos como novos alimentos.

(*) Da redação da Menu

Saiba mais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Por causa de dívida, mulher joga gasolina e ateia fogo em idoso
+ Como limpar capinha de celular transparente de 5 maneiras
+ Cientistas descobrem as causas da progressão do Alzheimer no cérebro
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio